Etiqueta de registo: 00338cx a22001333 45
001 115051
095 ## $aPTBN00085372
100 ## $a19940113apory0103 ba0
102 ## $aPT
152 ## $aRPC$bSIPOR
200 #1 $aSantos,$bJoly Braga,$f1924-1988
400 #1 $aSantos,$bJoly Braga$31001534
400 #1 $aSantos,$bJosé Manuel Joly Braga$3115052
550 ## $aCompositores portugueses$zSéc. 20$334359
675 ## $a78.07(=1:469)"19"$vBN$zpor
801 #0 $aPT$bBN
830 ## $aCompositor e maestro
830 ## $aNascido em Lisboa a 14 de Maio de 1924, José Manuel Joly Braga Santos revelou desde muito cedo um elevado talento musical, tendo iniciado estudos de violino aos seis anos. Estudou composição com Luís de Freitas Branco de quem recebeu uma forte influência técnica e estilística na primeira fase da sua produção musical. Aos 24 anos rumou para Itália com a finalidade de aprofundar os seus conhecimentos em Direcção de Orquestra com Herman Scherchen (Veneza, 1948). Mais tarde, frequentou o estúdio experimental de Gravesano, com Antonino Votto (1957-1958) e prosseguiu os estudos de Composição com Virgilio Mortari (Roma, 1959-1960). A partir do final da década de cinquenta, a sua obra revela também influência destas experiências europeias. Foi ainda professor de Análise e Técnicas de Composição no Conservatório Nacional de Lisboa, dirigiu a Orquestra da Emissora Nacional e publicou regularmente crítica musical. Sendo a sinfonia o género em que melhor exprimiu o seu talento criativo, a dimensão, qualidade e diversidade da sua obra, colocam-no entre os maiores compositores portugueses do século XX. Faleceu em Lisboa, a 18 de Julho de 1988.
ver registos bibliográficos associados