Open Data Biblioteca Nacional de Portugal

Catálogo da BNP: acesso por Identificadores Unívocos
Registo de autoridade

Etiqueta de registo: 00000nx a22000253 45
001 1610184
100 ## $a20150526apory0103 ba0
102 ## $aPT
152 ## $aRPC$bSIPOR
200 #1 $aZorro,$bJoão,$ffl. 12--
340 ## $aPortuguês ou galego, de dados biográficos incertos, foi um jogral act. poética talvez no terceiro quartel do Século XIII, na corte de D. Dinis. As suas obras encontravam-se transcritas no hipotético "Livro das Cantigas" hoje perdido, sobretudo cantigas de amigo. A notação musical das suas cantigas não sobreviveu. Presente nos cancioneiros da Biblioteca Nacional e da Vaticana com dez cantigas de amigo e uma cantiga de amor, cantigas de refrão na sua quase totalidade. Da sua produção poética, que integra composições mais próximas do lirismo tradicional do que do lirismo provençal, saliente-se a bailada Baylemos agora, por Deus, ay velidas, (CV 761), que inspirará Airas Nunes na cantiga Baylemos nós já todas tres, ay amigas (CV 462).
810 ## $a Pequeno dicionário de literatura portuguesa, 1981, p. 401
810 ## $aLíngua Portuguesa com Acordo Ortográfico [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2015. [consult. 2015-05-26 13:43:50]. Disponível na Internet: http://www.infopedia.pt/$joao-zorro
856 4# $uhttp://viaf.org/viaf/51532372
856 4# $uhttps://pt.wikipedia.org/wiki/João_Zorro
ver registos bibliográficos associados


OpendataBNP@bnportugal.pt | Mais informação sobre acesso aos dados BNP