Open Data Biblioteca Nacional de Portugal

Catálogo da BNP: acesso por Identificadores Unívocos
Registo de autoridade

Etiqueta de registo: 00331nx b2200121 45
001 102573
003 http://id.bnportugal.gov.pt/aut/catbnp/102573
100 ## $a19930804apory0103 ba0
102 ## $aPT
152 ## $aRPC
210 02 $aCompanhia de Moçambique$c(1878)
410 02 $aGoverno do Território da Companhia de Moçambique$3102574
550 ## $aCompanhias majestáticas$31826542
550 ## $aCompanhias coloniais portuguesas$31841262
801 #0 $aPT$bBN
830 ## $aA formação da companhia de Moçambique data de 1878, altura em que Joaquim Paiva de Andrade recebeu a concessão das minas de madeira. Organizou a Société des Fondateurs de la Compagnie Générale du Zambèze (1878/9), que explorava as minas de Tete. Em 1883 entrou em falência. Em Fevereiro de 1884, Paiva congregou novos financiadores e depois criou a companhia de Ophir, que explorou as minas de Quiteve e Manica por insuficiência de capitais, entrou em falência. Paiva de Andrade conseguiu aliciar outras entidades financeiras, das quais o Português Oliveira Martins, com quem fundou a Companhia de Moçambique com um capital subscrito de 200 mil libras, até 1881 elevando para 500 mil mas esta entrou em falência em 1891. Devido às confrontações entre Portugal e BSAC, em Maio de 1889 que desejava anexar Manica, Paiva e Manuel António Sousa, foram presos, paralisando as actividades da companhia. Após esta experiência, e libertos em 1891, Andrade organizou uma nova sociedade forte com privilégios políticos-económicos com BSAC. Deste modo, em 1891 iniciou-se um processo de reconstrução da companhia, elevando seu capital pra 1 milhão de libras. A partir desse ano, foi autorizado por sucessivos decretos em especial o de 11 de Fevereiro de 1891 que lhe atribuiu poderes majestáticos de administração e exploração, tendo-se instalado definitivamente nos territórios de Manica e Sofala em 1891. Com sede na Beira, a Companhia de Moçambique controlava a administração pública e os correios, tendo criado um banco privado - o Banco da Beira - que emitia moeda, com a denominação de Libra. Limitada a Norte pelo Rio Zambeze, a Sul pelo paralelo 22, a Leste pelo Oceano Índico e a Oeste pela Rodésia do Sul, ocupava as actuais províncias de Manica e Sofala. Companhia de Moçambique dedicou-se às seguintes actividades: cobrança do imposto de palhota, concessão de terras para colonos/empresas subsidiárias; prospecção mineira; transportes e comunicação (a este nível possuía uma concessionária a The Beira Railway responsável pela construção do troço ferroviário Beira-Macequece e a The Port of Beira Development Corporation que construiu o porto da Beira); economia de plantações-farmas para horticultura, fruticultura, cultivo do milho, da cana sacarina, produção da copra, borracha e algodão.
856 ## $uhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Companhia_de_Moçambique
856 4# $uhttps://sopra-educacao.com/2021/02/28/companhias-de-mocambique-niassa-e-zambeze/
856 4# $uhttps://www.universidademz.com/2021/07/A-Agricultura-e-a-Politica-Laboral-em-Manica-e-Sofala.html
856 4# $uhttps://www.escolademoz.com/2019/03/a-companhia-de-mocambique.html
856 4# $uhttps://sopra-educacao.com/2020/12/25/o-centro-e-a-companhia-de-mocambique/
ver registos bibliográficos associados


OpendataBNP@bnportugal.pt | Mais informação sobre acesso aos dados BNP